1. Durante a gestão 2012, a Avina ampliou sua presença territorial. Consolidou sua presença no México e começou a trabalhar na Venezuela. Atualmente a organização trabalha em 21 países latino-americanos. A Avina está presente em 15 países através de equipes autorreguladas em sistemas presenciais e virtuais, e apoia atividades em outros seis países da região: Cuba, El Salvador, Honduras, Porto Rico, República Dominicana e Suriname, através de redes.
 

2. Em 2012, o volume de recursos mobilizados para as estratégias de impacto da Avina superou 73 milhões de dólares. A Avina investiu 12,4 milhões de dólares em 718 novas iniciativas de nossos parceiros no continente. Além disso, ajudou a canalizar outros 47 milhões de dólares de outras instituições financiadoras para as organizações e iniciativas de nossos parceiros. A Avina também investiu 13,3 milhões de dólares em suas próprias ações em diferentes estratégias de impacto.

3. A Avina registrou sua contribuição para 96 resultados concretos em 2012 que beneficiaram milhões de pessoas em todo o continente. De acordo com nosso sistema de classificação de resultados, 15 dessas mudanças tiveram um impacto direto e indireto em mais de um milhão de latino-americanos cada uma. Muitas dessas realizações estão descritas neste relatório.
  

4. Em 2012, a Avina encerrou o plano de cinco anos que havia começado em 2008. O quinquenio passado representou um período de conquistas, consolidação e realizações muito importantes que serviu de base motivacional para mobilizar toda a organização a pensar em seu futuro. Após um planejamento participativo, em 2012 a Avina criou e apresentou um novo plano de cinco anos para o período 2013-2017, com ênfase na valorização de bens públicos e a transição a uma nova economia que contribua para o progresso social e para superar a desigualdade na América Latina preservando a natureza.

5. De acordo com o plano de cinco anos, a Avina ajustou seu portfólio de trabalho que a nove iniciativas continentais que representam oportunidades para conseguir um impacto no desenvolvimento sustentável da América Latina. Acesso a ÁguaCidades SustentáveisEnergia, Estratégia para o Bioma AmazônicoMigraçõesReciclagem InclusivaGrande Chaco AmericanoIndústrias Extrativistas e Institucionalidade. As equipes dessas unidades expandiram suas redes de parceiros nos 21 países da região onde a Avina atua em estreita colaboração com centenas de organizações locais, nacionais e globais.  

6. Paralelamente ao portfólio de oportunidades, a Avina criou quatro ferramentas e serviços para o impacto: Mudanças Climáticas, Tecnologias para Mudança Social, Índice de Progresso Social e Negócios de Impacto. Estas ferramentas geram valor, inovação e contribuem para o impacto de cada oportunidade do portfólio individual e conjuntamente.

7.Durante 2012, a Fundación Avina e a Avina Americas estabeleceram ou renovaram parcerias com diferentes organizações para apoiar as estratégias na região juntamente com seus parceiros. Algumas dessas organizações são fundações privadas como a Ford Foundation, Oak Foundation, Open Society Foundations, Omidyar Network, The Rockefeller Foundation e Skoll Foundation e outras são empresas do setor privado como a The Coca-Cola Company  e a Xylem Inc. entre outras.

8.Com o objetivo de difundir as causas que a Avina e seus parceiros apoiam, durante a gestão 2012 a organização continuou com uma forte presença em meios digitais como o site oficial da organização e redes sociais como o Twitter, com mais de 2 mil seguidores, Facebook, com mais de 5.600 assinantes, e o Youtube através dos quais chega a milhares de pessoas.


9.A Avina apoiou uma série de publicações em 2012. Convocado pela Fundación Avina, em junho de 2012, o economista e sociólogo Ricardo Abramovay apresentou seu livro Muito Além da Economia Verde. Esta publicação, com prefácio da ex-ministra de Meio Ambiente do Brasil, Marina Silva,  aponta para uma nova economia na qual a cooperação social e o esforço para conservar e regenerar os recursos naturais são decisivos. Ainda em 2012, outras sete publicações foram editadas com o apoio da Avina: Guía para la elaboración de memorias de sostenibilidad, Aprendiendo sobre compensación y pagos por servicios ambientales, Mecanismos financieros del agua en América Latina, e estudos sobre o avanço dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio na Amazônia da Bolívia, Equador, Peru e Venezuela.


10.A Avina, em parceria com a Ashoka, a Skoll Foundation e a Fundação Roberto Marinho,  organizou o Fórum de Empreendedorismo Social na Nova Economia, realizado entre 15 e 17 de junho de 2012 no contexto da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio + 20) no Brasil. Especialistas do mundo todo se reuniram para trocar ideias e soluções práticas que contribuem com novos paradigmas para a agenda da sustentabilidade e para o surgimento de uma nova economia. O Fórum contou com o apoio da InterAmerican Foundation, da Rockefeller Foundation e do Instituto Arapyaú.